A educação é um dos aspectos mais importantes de uma sociedade e por isso, deve sofrer manutenção e adaptações constantemente.  Alguns estados são líderes em educação, enquanto outros ainda precisam passar por mudanças de funcionamento. Veja a seguir como está a educação pública nos estados do Brasil.

O Rio de Janeiro, por exemplo, é um estado que possui muitas referências em educação. Tanto para a rede privada, quanto para a rede pública os índices de aprovação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) são muito positivos.

Além disso, em estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco, por exemplo, há um recurso muito interessantes que pode garantir a vagas dos estudantes.

É a matrícula fácil, um recurso online que permite que os país e responsáveis realizem a pré-matrícula dos estudantes sem sair de casa. Garantindo assim, a vaga na melhor instituição.

Você pode acessar a matrícula Fácil Rio 2020 sem sair de casa e reservar a entrada do seu filho. Assim, só é preciso levar a documentação de maneira presencial quando as aulas começarem. Com essa matrícula os país economizam tempo e evitam as escolas lotadas na hora da matrícula!

Além da possibilidade de matrícula fácil, Pernambuco é um estado que investe na educação com possibilidades exclusivas para os jovens.

É o caso do Programa Ganhe o Mundo, uma iniciativa que implanta o ensino da língua inglesa através de um curso extracurricular nas escolas e seleciona os estudantes mais capacitados ara fazer intercâmbio gratuito.

Outro estado do Nordeste que possui uma inciativa semelhante é a Paraíba, com o Programa Gira Mundo. Ambas as propostas elevaram o nível de educação das escolas públicas.

Outras regiões como Alagoas, Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul também disponibilizam algumas destas facilidades para o estudantes. Isto porque a rede pública tem recebido cada vez mais alunos e é preciso facilitar a matrícula.

Enquanto isso, no Pará, que possui a possibilidade de matrícula fácil para Belém, está um dos piores índices em relação a educação. A alta taxa de evasão do estudantes é alarmante.

Outro que possui baixo índice de crianças matrículas e presentes nas escolas é o Amapá, que também ficou em os piores no quesito educação.

Nem todos os estados podem utilizar da matrículas 2020por isso, é importante verificar se a sua região já está disponibilizando esta plataforma.

É o caso do Rio Grande do Norte, que não disponibiliza da opção mas é o segundo melhor estado do Brasil para quem quer investir em educação de qualidade.